quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Todos os caminhos levam a Roma - Parte III

Leia a Parte II aqui


Ver o Coliseu da janela do aviao foi bem diferente do que vê-lo de perto. Vendo de cima nao pude deixar de compará-lo com o estádio de futebol que se erguia por perto. E meu único pensamento possível foi: É pequeno, né? Mas nao é. É realmente grandioso. E só nao posso compará-lo por dentro com um estádio porque minha única base de referência seria o Independência. E a última - ou foi a única? - vez que entrei lá, pra assistir ao jogo histórico Santa Tereza X Atlético, foi só porque o meu irmao estava jogando. Num campeonato mirim, é claro. E claro que nao pelo Atlético, como ele ia gostar que eu ressaltasse. E considerando que eu devia ter mais ou menos a metade do tamanho que eu tenho hoje, o estádio pareceu digamos, um pouco maior do que é na verdade. Nao, definitivamente isso nao é base de referência. Mas, como estudos recentes indicam que os antigos romanos nao jogavam futebol, a comparacao é mais do que dispensável.





Esse dia tinha sido reservado para visitar a Roma Antiga (quer dizer, a parte mais antiga dela, porque parece na verdade que cada construcao da cidade pertence a algum período histórico). Isso significa que eu vi uma quantidade de ruínas tao grande que comecei a achar normal. E descobri nesse dia, que a maior parte das ruínas de Roma se escondia ainda embaixo das casas atuais. O que significa que quando as casas anteriores eram destruídas os romanos apenas jogavam entulho por cima e construíam por cima desses restos suas novas casas. Pelo menos foi o que eu entendi. E a impressao que se tem, quando andamos pela cidade é de que a qualquer momento pode aparecer uma ou outra ruína. O que realmente acontece. Você está passeando tranquilamente pela cidade entre prédios modernos (ou no mínimo nao tao antigos), carros barulhentos e vendedores ambulantes e eis que de repente nao se sabe como nem porque, brotam no chao toneladas de resquícios da Roma Antiga. E você é obrigado, ainda que por poucos segundos, a parar o que estava fazendo e prestar atencao naquele pedaco de história jogado no meio da rua. Nem que seja pra tirar uma foto e continuar andando. A sensacao é de estar caminhando por um sítio arqueológico permanente, onde até as criancas devem precisar de uma autorizacao especial pra cavar buracos no quintal de casa.


Mas o que mais me daixava fascinada nessas ruínas eram os templos. Sempre adorei mitologia grega e romana e era louca para conhecer um verdadeiro templo antigo. Ficava imaginando todas as estátuas que deveria ter, como seria adornado, se havia ainda alguém que cultuasse esses deuses, se eles seriam realmente ainda deuses além de personagens da mitologia. E fiquei feliz de saber que ainda existia um templo antigo inteirinho em Roma. O Panteao, como o nome diz, foi construído para a adoracao de todos os deuses e é segundo a Wikipedia o único edifício antigo que se encontra em perfeito estado de conservacao. Pelo menos era o que eu achava antes de entrar nele. E me deixou realmente chateada descobrir que, independente da história de um monumento, independente do seu significado e simbolismo, independente de tudo o que ele representou e poderia representar, ele pode ser friamente reduzido a mais uma propriedade da Igreja Católica. Assim, ao entrar no Panteao, me vi cercada nao por estátuas dos deuses, mas de santos. No lugar de todo o simbolismo histórico foram pendurados crucifixos. No altar onde eram realizadas as oferendas aos deuses hoje sao rezadas missas. E percebi que todos os antigos devotos tinham morrido junto com a Roma Antiga. No seu lugar ficaram apenas velhas beatas e iludidos que como eu achavam que as antigas crencas eram imunes à ruína. Mas depois de ficar sabendo que nem o Panteao escapa do domínio eclesiástico, resolvi descobrir finalmente o que mais se escondia por trás das posses da Sua Santidade.


[Continua...]






7 falando de mim:

Pedrinho disse...

Carol, eu to gostando muito de te acompanhar. Eu compartilharia da sua tristeza se eu encontrasse essse tipo de intervenção num prédio antigo também [O Panteão]. Meio criminoso, não parece? Eu imagino ter uma noção do que vc sentiu quando viu isso, sei lá.

Mas vamos lá, já que eu não comentei antes. Eu achei O MÁXIMO essa dua idéia de rodar por aí, pela Europa. Aproveitar o tempo qeu tá ficando aí né, a gente não sabe quando vai voltar. Pode ser que sua próxima incursão pelo mundo seja na Ásia ou na Oceania, vai saber, então é bom já conhecer de uma vez a Europa, ou um pouco.

Me surpreendeu você escolher a Itália. Não sei pra onde vc vai depois, mas eu fiquei surpreso. Não tb porque eu achava que vc fosse escolher um outro lugar pra começar, sei lá, mas achei engraçado.

Além disso, eu achei O MÀAAAXIMO [de novo] você ir a Viterbo. Demais, simplesmente, achei excepcional =D

Depois vou comentar com cuidado de Roma, pq eu tenho que fazer um fichamento e tá tarde =/

Bjo enorme!

quel disse...

O QUE?????????????????????????????
COLOCARAM CRUZES NO PANTHEON???????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????


E-S-T-O-U R-E-V-O-L-T-A-D-A!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!




Ai..meu sonho é conhecer Roma! [ e Prava, e Viena, e Veneza, e Paris, e as muralhas da China, e tc etc etc...]....


Deve ser maravilhoso!To morrendo de inveja! rs!



Bjo!!

Nat disse...

Ai viajar é tão bom!!

E qndo a gente não pode, fica aqui lendo os casos da sua viagem pra se sentir um pouquinho lá tb... como qndo assisto algum filme e começo a chorar... é pq eu me sinto lá dentro....

Uma das minhas tristezas é q qndo eu fui em Roma, eu só pude ficar um dia (eu tava com a família... fui com meu primo só pq eu chorei mto pra ir... hehehe) Eu entrei no pantheon, mas pra ser sincera nao lembro mta coisa não... só q tinha um monte d gente famosa enterrada lá.. devia ser mais pro final do dia e a gente já tava morto d tanto rodar a cidade.

O mais engraçado é q mais da metade da cidade meu primo não conhecia... qndo a gente chegou lá ele me mostrou umas 5 atrações e falou "Roma é isso"... e eu falei "o quêêêê? Não mesmo" peguei um mapa e começamos a rodar... até hj ele diz q eu fiz ele conhecer o país dele... hahaha

To aguardando os outros passeios q faremos através do blog!!!
Beijoooo

Genim disse...

Verdade. Quem não tem como ir tem que seguir os relatos de viagem como um filme...
Continuo acompanhando!
Agora, essas das cruzes forçaram, hen??? é meio decepcionante mesmo, penso eu.
bjs e t+!

edna viterbo disse...

Conhecer Roma pelas suas palavras dpois Paris, Londres, Praga, Stambul,... Vai que vou com você, sempre. Saudade, e muita.

Nat disse...

Combinou...
Números romanos com Roma...
=P

хостинг disse...

intiresno muito, obrigado

Postar um comentário